Quarta-feira
20 de Junho de 2018 - 
Atuação em Volta Redonda e região

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Auditório lotado na apresentação de 'Por Elas' no Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado pelo Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ) com a apresentação especial da leitura dramatizada da peça “Por Elas”. A programação também fez parte das atividades da 10ª Semana da Justiça pela Paz em Casa. A noite chuvosa de 8 de março não impediu que o público comparecesse para assistir ao espetáculo. A Sala Multiuso do CCMJ ultrapassou sua lotação máxima de 60 lugares e foram colocadas cadeiras extras, e mesmo assim 15 pessoas voltaram para casa sem poder ver o espetáculo. Na plateia, bastante persificada de jovens e adultos de todas as idades, a presença de um grupo de professores e alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja) da Escola Municipal Doutor Cocio Barcellos, além de servidores, magistrados do TJRJ e o público em geral que riu, chorou e se impactou com o coro de mulheres da peça que encarna o preconceito e a ambiguidade da sociedade frente à violência doméstica. A juíza Elizabeth Louro, titular do Tribunal do Júri, deu seu depoimento: “Adorei o texto, os diálogos, as representações. A atriz que faz a personagem “Ieda” é maravilhosa. A personagem que mora na favela é espetacular, o ator também é maravilhoso. Adorei a narração com o resultado dos processos de cada um dos agressores. O espetáculo é magnífico. Na próxima apresentação, virei com a minha filha.” A estagiária Neyva Lima deixou seu comentário na Pesquisa de Opinião do CCMJ: “Trabalho maravilhoso. Como preta e favelada, quero agradecer por representarem tantas mulheres que sofrem diariamente. Obrigada por espalhar esses dados para todos e por ser tão magnífico”. Na rede social, Danielle Nasser deixou seu depoimento: “Foi incrível, saí emocionada. E agradeço por isso, por despertar minha indignação sobre o tema, por me fazer ficar mais atenta a isso e por falar de um tema que muitos querem esconder. Parabéns a todos, achei a proposta incrível e a atuação completamente envolvente. Obrigada”. Esses comentários reafirmam que a peça segue cumprindo o seu objetivo: contribuir com a prevenção e o enfrentamento da violência contra a mulher
13/03/2018 (00:00)
Visitas no site:  47530
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.